twitter youtube facebook linkedin email
Connect with:

Mundo AEC - Blog Oficial sobre AEC da Autodesk Brasil

Criar objetos customizadas para infraestrutura tal como objetos de drenagem, redes de água potável e saneamento no Civil 3D não é divertido. Se você já teve que usar o Part Builder, você sabe o que eu estou falando; variáveis secretas, objetos estranhos (Mas o que é um objeto comum?), além de muitas vezes as coisas simplesmente não funcionarem. Na maioria das vezes quando as pessoas precisam criar um novo objeto para uma rede no Civil 3D, elas acabam aceitando o que sai do Part Builder, será provavelmente bom o suficiente para usar, ao invés de fazer isso do jeito certo.”

Eu tenho boas notícias para você. Na última versão do InfraWorks (InfraWorks 2018.1) há uma nova ferramenta chamada de Project Infrastructure Parts Editor.

Infrastructure Parts Editor no InfraWorks 2018.1

O Infrastructure Parts Editor esteve presente por um bom tempo nos Autodesk Labs (Era conhecido como o Project Kameleon)  e agora é um programa completo. Esta ferramenta irá permitir que você crie novas partes e componentes para usar com o InfraWorks assim como no Civil 3D.

Para acessar essa nova ferramenta, dentro do Infraworks clique no botão de drenagem, e então clique no pincel de desenho (pencil drawing). E depois no botão “Parts Editor”.

Onde encontrar o Parts Editor no InfraWorks 2018.1

Isso irá abrir uma aplicação externa, você acertou, o Infrastructure Parts Editor.

Infrastructure Parts Editor

O quão fácil é isso? Basicamente, é apenas pegar e escolher as partes que você quer usar. Quando você criar um novo catálogo (ou editar um já existente), você irá ver três opções, Assembly, Structure e Culvert. As partes que irão ser usadas no Civil 3D ou no InfraWorks são as Assemblies. Cada montagem é composta das estruturas ou das especificidades.

Quando você clica em Structure, você verá as três diferentes componentes que compõem as estruturas: Estrutura de superfície (Surface Structure), estrutura subterrânea (Underground Structure) e Grades ou capas (Grates or Covers). O Infrastructure Parts Editor já vem com algumas partes criadas que você pode começar, ou criar as suas próprias usando o Inventor ou Inventor LT.

Amostra de estruturas de superfície

 

Você pode ver na imagem anterior, se nenhum dessas estruturas pré-definidas servirem pra você, você pode criar uma nova e importa-la como arquivivos .ipt ou .iam do Inventor.

Além disso, quando adicionamos tamanhos para as diferentes estruturas, há uma opção para exportar e importar para o Microsoft Excel. Isto faz a edição das dimensões bem mais fácil!

Exportando para o Excel

Uma vez que todas as estruturas estejam criadas, elas poderão ser combinadas para montar diferentes formas. Quando fizer a montagem (dependendo do tipo da montagem que tenha feito), você irá simplesmente selecionar os três diferentes tipos de componentes que você deseja que fiquem juntos. Há também uma seção para validar os tamanhos (não queremos colocar grelha de 1,50 metros num espaço que só cabe 1,0 metro).

Assembly Creation – Drag and Drop

Uma vez que todos os suas peças estiverem prontas, você pode publicar seu catálogo dentro do Infraworks ou no Civil 3D, ou em ambos ao mesmo tempo.

Publicar Catálogo

E então, o que você achou? Você vai nos dar essa chance? Pessoalmente, eu estou muito empolgado com essa ferramenta, que irá nos capacitar de criar peças customizadas no Civil 3D e alavancar o BIM com ênfase em Infraestrutura.

Obs.: Também faz partes da rede de pressão:

Gustavo Paula

Estagiário da equipe técnica AEC da Autodesk Brasil, estudante de Engenharia Civil na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Antes de estagiar na Autodesk, trabalhou em obra, de um projeto residêncial, acompanhando as etapas e recursos necessários para condução dos trabalhos da equipe de obra.

0 Comments

'