twitter youtube facebook linkedin email
Connect with:

Mundo AEC - Blog Oficial sobre AEC da Autodesk Brasil

Como a Captura da Realidade está Melhorando a Precisão na Indústria da Construção

Juliana Conde
05/11/2019

Digitalize com Precisão, Projete com Confiança

Ter uma varredura abrangente de todo o local do projeto pode ajudá-lo a detectar problemas mais cedo do que os métodos tradicionais de levantamento e, muitas vezes, fornece uma percepção mais precisa sobre os possíveis problemas que você pode encontrar. Os problemas que podem causar retrabalhos sérios ou parar o cronograma de um projeto incluem:

  • Questões estruturais como flambagem ou deflexão;
  • Alterações térmicas no local ou na estrutura durante mudanças sazonais;
  • Efeitos do tratamento de fachadas na qualidade ambiental do interior de um edifício;
  • Instalação incorreta de sistemas mecânicos, elétricos, hidráulicos e outros sistemas complexos do edifício;
  • Questões geotécnicas ou topográficas;
  • Mapeamento impreciso de veiculações de utilitários ou outros elementos ocultos do local;
  • Incapacidade de medir a terraplanagem e as mudanças no local ao longo do tempo.

Precisão é Tudo

Com todos esses possíveis problemas que podem surgir, a precisão da captura da realidade é extremamente importante. Hoje com a tecnologia de captura de realidade, eliminamos a necessidade de projetos 2D desatualizados ou de mexer com fitas métricas para conseguir as medidas da condições existentes nas visitas a campo. Também removemos a necessidade de mais viagens de retorno para medições de verificação. Com a criação de nuvens de pontos ou a digitalização a laser, você pode reunir milhões de pontos simplesmente tirando fotos com um veículo aéreo não tripulado (drone) equipado com câmera, dispositivo portátil ou dispositivo de digitalização a laser. Você pode combinar esses dados capturados de ambas as fontes, se necessário. Atualmente, a precisão relatada para a maioria dos laser scanning terrestres no mercado é de 3 mm. Com a capacidade de fazer medições exatas, seus projetos, grandes ou pequenos, podem ser capturados com um nível de detalhamento incrível.

Esses dados digitalizados são acionáveis ​​combinados com um modelo 3D digitalizado no software de sua escolha. Cada ponto capturado é mapeado em um sistema de coordenadas XYZ, fornecendo uma saída de pesquisa mais inteligente para exportar para uso. O retrabalho é eliminado, porque a tecnologia de digitalização usa informações de centenas de fotos ou pontos digitalizados em segundos na hora da captura. Você pode identificar com precisão a infraestrutura oculta se ela for capturada durante a instalação, evitando revisões desnecessárias posteriormente.

Você não precisará voltar a campo para medir novamente e verificar as medições iniciais da pesquisa. Basta colocar seu laser scanning em um tripé ou definir um drone com um scanner com tecnologia LiDAR em um padrão de voo definido. A tecnologia assume a partir daí para criar um modelo 3D  com milhões de pontos de dados digitalizados e a precisão do laser desde a primeira visita ao local. Você pode medir o modelo, visualizar e analisar dados em mapas de elevação, organizar e limpar regiões na nuvem de pontos, criar uma malha e manipular o modelo.

O software ReCap™ Pro é a solução Autodesk para se criar modelos 3D a partir de fotografias ou digitalizações a laser. O ReCap™ Pro permite abrir diretamente arquivos de nuvem de pontos e filtrar os dados desnecessários e trabalhar com os arquivos em um tamanho mais gerenciável. Além disso, os pontos podem ser extraídos ou importados para todos os outros produtos da Autodesk. Você pode usar o arquivo de ponto do ReCap para limpar uma digitalização de uma construção existente e importá-lo para o Revit para iniciar um projeto BIM preciso, onde você pode ter certeza de que não há conflitos com os elementos existentes. Da mesma forma, você pode importar a nuvem de pontos do ReCap para o Civil 3D e usar os dados para gerar superfícies das condições existentes do local com um nível de precisão que você nunca viu antes e em questão de minutos.

 

 

 

 

Adaptado de: https://blogs.autodesk.com/recap/improving-accuracy-in-the-design-construction-industry/

Juliana Conde

Juliana Conde é estudante de Engenharia Civil na Universidade Presbiteriana Mackenzie, possui experiência na área de urbanismo, atuando na fase de pré-licitação de projetos de parceria público privada de iluminação pública, já tendo contato com softwares de geoprocessamento e agora integra a equipe técnica AEC da Autodesk Brasil. Mais sobre ela, acesse seu perfil do LinkedIn: www.linkedin.com/in/juliana-conde-perfil

0 Comments