twitter youtube facebook linkedin email
Connect with:

Mundo AEC - Blog Oficial sobre AEC da Autodesk Brasil

Superfícies de Rocha e outras camadas a partir de sondagens (boreholes)

Pedro Soethe
09/02/2012

O post de hoje trata sobre como, após inserir os dados de sondagens dentro do Civil 3D, criar superfícies representando as diferentes camadas de materiais.

A extensão para inserir os dados de furos de sondagem no Civil 3D foi apresentada no post http://civil3dbr.typepad.com/blog/2011/10/borehole-utility.html.

A partir do momento que os dados com as cotas dos materiais atravessados na sondagem estão inseridos no Civil 3D, podemos criar superfícies que representem camadas geológicas, fazendo interpolação linear entre as profundidades dos materiais nos diversos pontos e acompanhando a superfície do Terreno Natural.

Segue passo-a-passo, mas sem muitos detalhes, de como criar essas superfícies:

  1. Importe os dados de furos de sondagem (boreholes) – ver post http://civil3dbr.typepad.com/blog/2011/10/borehole-utility.html – ao importar os dados de sondagens os pontos criados serão separados por grupos, conforme a figura abaixo                                                                                                     Point_Groups
  2. Crie uma superfície nova do tipo TIN Surface e adicione o grupo de pontos (Point Groups) que representa o Topo das sondagens (normalmente o grupo Borehole) – nomeie essa surface como Sondagens
  3. Crie outra superfície nova do Tipo TIN Surface e adicione o grupo de pontos (Point Group) desejado (tais como Rocha, ou Argila, depende do material que você listou no relatório da sondagem) – nomeie essa superfície como Rocha_Inicial, por exemplo
  4. Crie uma nova superfície do Tipo TIN Volume Surface, usando como superfície de base a superfície Rocha_Inicial (passo 3) e como superfície de comparação a superfície de Sondagens (passo 2), conforme a figura abaixo. Nomeie essa superfície como Volume_Inicial_Rocha_Sondagens.TIN_Volume_Surface_Inicial
  5. Crie uma nova superfície do Tipo TIN Surface e nomeie essa superfície como Volume_Inicial_Rocha, por exemplo.
  6. Use o comando Paste Surface, para inserir a superfície Volume_Inicial_Rocha_Sondagens (passo 4) dentro da superfície Volume_Inicial_Rocha (passo 5).
  7. Crie uma nova superfície do Tipo TIN Volume Surface, usando como superfície de base a superfície Volume_Inicial Rocha (passo 5) e como superfície de comparação a superfície do Terreno_Natural (superfície natural da Topografia ou das curvas de nível), conforme a figura abaixo. Nomeie essa superfície com o nome da camada que você deseja, Rocha, por exemplo.
  8. Acabou! A superfície criada no passo 7 representa a camada de material que você escolheu (Rocha, nesse exemplo), mas acompanhando a superfície do Terreno Natural e respeitando as profundidades determinadas nas sondagens, sendo que entre pontos de diferentes profundidades, a profundidade é determinada por interpolação linear.

Profiles

A princípio pode parecer um pouco complicado, mas depois de fazer uma vez você verá exatamente como funciona e ficará bem simples. O arquivo que eu usei para fazer este exemplo e testar pode ser baixado no link https://projectpoint.buzzsaw.com/danielrqueiroz/Public/Borehole/Sondagens.zip?public.

Você ainda pode usar as superfícies das diferentes camadas para calcular volumes separados por camada, conforme foi visto no post http://civil3dbr.typepad.com/blog/2011/07/volumes-com-vrias-surfaces.html.

Tenho que assumir que o post de hoje foi completamente plageado do blog From the Ground Up, dos colegas Ove Cervin e Jack Strongitharm (agora sob nova direção com o Neil Brooker e o John Allen no lugar do Over Cervin). O post original é http://fromthegroundup.typepad.com/from_the_ground_up/2010/11/creating-geological-surface-layers-from-boreholes.html. Quero agradecer também ao Alonso Lopes e aos demais que entraram em contato e fizeram o questionamento que deu origem a este post. Mande sua sugestão ou dúvida, que na medida do possível eu tentarei solucionar.

Abraços e até a próxima!

Pedro Soethe

Pedro Luis Soethe Cursino é formado em Engenharia Civil pela Universidade de Taubaté, tem pós-graduação em Georreferenciamento pela Faculdade de Pirassununga e em Estradas e Vias Urbanas pela FESP. Trabalha a mais de 15 anos na área de infraestrutura e é responsável por vários projetos executados no Brasil em diversas disciplinas como estradas, projetos urbanos, loteamentos, infraestrutura hidro-sanitária, drenagem, terraplanagem entre outras.

11 Comments

View by:
Most Recent Oldest
  1. AvatarCivil 3D Brazil

    0

    0

    Oi Silvio, entrei em contato com você por email para tentar esclarecer sua dúvida. Att. Daniel Queiroz

  2. AvatarA Facebook User

    0

    0

    Só uma pergunta, quando tem afloramento de rocha as superfícies cruza uma a outra? ou respeita a superfície que esta em cima?

  3. AvatarCivil 3D Brazil

    0

    0

    Oi Silvio, a sua pergunta é bem ampla e uma resposta completa demoraria muito, mas vou tentar ajudar. Eu não tenho um material específico sobre pistas duplas, mas você tem muitas alternativas:
    Você pode usar dois corredores diferentes e utilizar a borda de um corredor como alvo do outro, para conectar as duas pistas.
    Você pode fazer toda a pista dupla em uma só seção e usar alvos do corredor (Corridor Targets) para definir o eixo e o perfil de cada uma das pistas independentemente.
    O segredo para que você consiga fazer uma pista dupla adequada é utilizar corretamente os Corridor Targets. No Tutorial do Civil 3D tem alguns exemplos de pista dupla e alvos do corredor.
    Att. Daniel Queiroz

  4. AvatarCivil 3D Brazil

    0

    0

    Oi Alonso, quando você só tiver sondagens no eixo da pista e precisar gerar superfícies das camadas, faça o seguinte:
    Selecione todos os pontos de um furo de sondagem, e copie perpendicularmente ao eixo, por exemplo, 100m para cima e 100m para baixo.
    Repita essa procedimento para todos os pontos.
    Depois atualize os grupos de pontos de cada um dos materiais (Sondagens, argila, etc…).
    Atualize todas as superfícies. Os novos pontos serão inseridos na superfície.
    Eu testei em um arquivo e deu certo, pode ser que existam várias outras alternativas para solucionar o problema, mas no momento essa foi a mais rápida que eu encontrei.
    Abraços, Daniel Queiroz

  5. AvatarSILVIO CASTRO

    0

    0

    EXCELENTE POSTAGEM, MAS GOSTARIA DE SABER COMO FAZER PISTA DUPLA COM DIFERENTES GREIDES PARA CADA UMA DELAS. E DEFINIR A DISTÂNCIA DO EIXO DA PISTA EM RELAÇÃO A LINHA BASE, VOCE TEM ALGUMA POSTAGEM EM RELAÇÃO A ESTE ASSUNTO

  6. AvatarAlonso

    0

    0

    Daniel
    neste procedimento, quando se tem sondagem so no eixo do alinhamento. nao consigo gerar as demais superficie das camadas. neste caso. o programa so funciona mesmo com uma rede de sondagem que possibilite criar uma superficie

  7. AvatarAnderson Santos

    0

    0

    Parabens Daniel, por compartilhar esse conhecimento, muito bom o post, parabens!!

  8. AvatarCivil 3D Brazil

    0

    0

    Valeu Alonso! Qualquer coisa entre em contato!

  9. AvatarAlonso

    0

    0

    Daniel
    Agora sim, consegui. valeu muito obrigado

  10. AvatarAlonso

    0

    0

    Daniel
    Realizei o passa a passo, deu certo. Agora o que faltou foi a simbologia da sondagem no perfil, como faço para ele aparecer?

  11. AvatarAlonso

    0

    0

    Daniel
    era isso mesmoq ue procurava. agradeço pela atenção. ah! agora é fazer o passo a passo e tentar aprender.
    agradeço

'