twitter youtube facebook linkedin email
Connect with:

Por Dentro da Autodesk Brasil

Bens integrados ao Edifício-Monumento do Museu do Ipiranga serão digitalmente preservados pela Autodesk

Priscilla Fiorin
February 10, 2020

A Autodesk, empresa referência mundial em softwares para projetos, vai realizar o mapeamento tridimensional do Edifício-Monumento do Museu Paulista, mais conhecido como Museu do Ipiranga e de objetos do acervo. A partir da captação por escaneamento a laser de imagens internas e por fotogrametria das áreas externas do Museu, será possível construir um modelo completo da situação existente em 3D e assim contribuir para a preservação da memória desse importante patrimônio histórico e cultural brasileiro.

O modelo tridimensional servirá como  uma plataforma que poderá ser mobilizada tanto para criação de ambientes virtuais (para games educativos, visitas à distância) como para integrar sistemas de monitoramento de segurança e conservação do patrimônio que será exposto a partir de 2022.

A Autodesk conta com um time multidisciplinar especialistas em BIM, como o Engenheiro Civil Pedro Soethe e a Arquiteta Fernanda Machado, para apoiar está iniciativa.

“É com grande orgulho que nós, da Autodesk, anunciamos essa importante parceria destinada a preservar um patrimônio de extrema importância para a memória dos brasileiros. A tecnologia de captura de imagens para a construção de modelos e plantas em 3D é uma grande aliada no trabalho de proteção do legado histórico de nosso País”, afirma Sylvio Mode, diretor geral da Autodesk Brasil.

O objetivo do projeto é capturar imagens e registrar digitalmente em 3D a edificação, tanto interna, quanto externamente, e uma seleção de objetos do acervo com o máximo de detalhamento possível. Para isso, a Autodesk contará com o apoio da empresa Faro Technologies, que será responsável pela captação e geração de imagens do Museu, utilizando equipamentos como scanners a laser e drones.

O trabalho de captação digital de imagens e bens integrados do Edifício-Monumento teve início em dezembro de 2019.

 

Reabertura do Museu

Inaugurado em 7 de setembro de 1895 como Museu de História Natural e marco da Independência do Brasil, o Museu do Ipiranga está passando por obras de restauro, ampliação e modernização. Os trabalhos foram retomados em setembro de 2019. Fechado para visitação desde 2013, o objetivo é que as obras sejam concluídas em 2022, e que o Museu do Ipiranga seja reaberto ao público no dia 7 de setembro daquele ano, quando será comemorado o bicentenário da Independência do Brasil.

Museu Imperial de Petrópolis

Em 2017, a Autodesk realizou o mapeamento em 3D das instalações do Museu Imperial, localizado em Petrópolis (RJ). O projeto incluiu a captação de imagens internas e externas, com o uso de scanners a laser e drones, para a produção de um modelo e de plantas digitais tridimensionais. Todo o conteúdo do trabalho foi doado à Prefeitura de Petrópolis, responsável pela gestão do Museu.

Expertise internacional

Internacionalmente, a Autodesk contribuiu para a produção do registro em 3D de patrimônios do National Discovery Museums Institute, responsável por 1.500 museus na Tailândia, e também com a produção de modelos digitais tridimensionais de parte da coleção do Smithsonian Institute, responsável pelo patrimônio de vários museus e zoológicos nos Estados Unidos. Na Itália, a Autodesk liderou projeto semelhante ao que será desenvolvido no Museu do Ipiranga, e, em parceria com a Fundação Volterra-Detroit, conduziu o processo de digitalização em 3D de sítios históricos e arqueológicos da antiga cidade de Volterra.

A Autodesk formou também parceria com a Cidade de Paris para desenvolver um modelo em BIM  3D da Torre Eiffel, criando a maior iniciativa urbana desse tipo, que inclui edifícios, ruas e infraestruturas, calçamentos de pedestres e faixas de segurança para esse público, objetos e utensílios urbanos e áreas verdes do entorno.

A empresa está contribuindo ainda com sua expertise na produção de um modelo em 3D do edifício da Catedral de Notre Damme, na capital francesa, que foi parcialmente destruído por um grave incêndio no mês de abril de 2019. O modelo é baseado em escaneamentos internos da construção realizados antes e depois do incêndio.

  • Users Favorites

    • Your favorites will be here.
  • Featured Links

    Priscilla Fiorin

    Priscilla Fiorin é jornalista e trabalha há 20 anos no setor de tecnologia. Há 7 anos é relações públicas da Autodesk

    0 Comments