twitter youtube facebook linkedin email
Connect with:

Mundo AEC - Blog Oficial sobre AEC da Autodesk Brasil

BIM

BIM: TRANSFORMAÇÃO EM HABITAÇÃO |CANO Y ESCARIO ARQUITECTURA

O caminho para a metodologia BIM


Cano y Escario Arquitectura foi fundada em 1988 pelos arquitetos Benjamín Cano Domínguez e Diego Escario Travesedo. Suas obras transmitem uma linguagem arquitetônica forte, amigável, integradora e pessoal.

Desde o final de 2013, a Cano y Escario Arquitectura, ciente das vantagens que a metodologia BIM pode oferecer, tem feito um enorme investimento tanto em recursos técnicos quanto em contratações de profissionais qualificados em modelagem BIM. O crescimento do uso desse método tem sido imparável, com o Revit se tornando a ferramenta de escolha em mais de 70% dos escritórios.

Eles estão colaborando agora com a ACG, a AYRE, CHAMBERLAIN, GAUNT ARCHITECTS Studio em Londres, onde trabalhar com BIM é imperdível.

Ao longo dos 30 anos de carreira da Cano y Escario, o mundo da arquitetura passou por múltiplas mudanças e crises. A COVID-19 e o chamado novo normal têm sido um desafio para o que, felizmente, eles estavam preparados.

Apesar de todas as dificuldades inerentes à adaptação das circunstâncias remotas e familiares nas equipes de trabalho, eles mantiveram o ritmo do escritório em 100%. Nesta situação, a flexibilidade do BIM 360 Design tem sido útil para a continuidade dos negócios e para o alcance de seus objetivos.

 Vista exterior do projeto Alea Homes  Escritório: Cano y Escario   Foto: Álvaro Viera

Um desafio substancial: colaboração e coordenação entre equipes


Como explica Diego Escario, Sócio Diretor da Cano y Escario:  o Revit, o Dynamo e o Navisworks  (AEC Collection) são utilizadas como base para a realização e coordenação dos projetos. O Revit já é a ferramenta de trabalho usual para a maior parte do estudo, permitindo que eles desenvolvam projetos cada vez mais consistentes e descubram possíveis inconformidades com antecedência. O Dynamo também ajudou a mudar a forma como eles criam documentação, de modo que processos muito tediosos e demorados são agora feitos de forma automatizada.

A função de detecção de interferência do Navisworks facilita as revisões dos projetistas, sobre os modelos recebidos dos engenheiros. Possuem protocolos para o controle interno de seus modelos arquitetônicos e a verificação de sua coordenação com modelos externos. Diferentes ferramentas de coordenação são adicionadas a este conjunto de software, que são usados com formatos BCF para relatórios de incidentes.

“Na relação entre o estúdio de arquitetura e o desenvolvedor, o BIM nos permite ter uma grande consistência onde representação gráfica, modelagem das superfícies, documentação comercial e medições,  extraindo informações de uma fonte única e coordenada. Desde o início, nossa aposta foi confiada ao BIM.”

— Diego Escario, Sócio Diretor, Cano y Escario Arquitectura

Modelo BIM do Projeto da Alea Homes .

Alea Homes, uma nova referência arquitetônica


As 84 casas que compõem o empreendimento Alea Homes pelo Grupo NEINOR em San Sebastián de los Reyes estão dispostas em dois volumes onde a curvatura do projeto é vividamente exibida, proporcionando ao edifício uma presença escultural.

Ambos os edifícios são erguidos em uma laje de fundação comum que dá continuidade ao nível mais baixo do desenvolvimento, acomodando os serviços comuns e integrando-os ao terreno de forma natural, respeitando a inclinação original.

O envelope do prédio é embrulhado por uma fachada dupla. A pele interna delimita o interior de uma carcaça larga e funcional com dupla orientação. A pele externa é composta de painéis pré-fabricados que circundam os terraços curvos, criando um espaço de transição entre o interior e o exterior, que proporciona eficiência energética, e molda áreas de alto valor ambiental, enriquecendo assim o projeto.

A flexibilidade permitida pelo uso de painéis GRC leves na fachada possibilitou materializar as superfícies curvas que caracterizam o projeto otimizando a eficiência durante o processo de construção.

Cano y Escario acredita que é importante enfatizar que esses projetos não seriam possíveis sem desenvolvedores como o NEINOR, que demonstram um firme compromisso com a inovação na concepção de seus projetos habitacionais.

 Projeto Alea Homes  Escritório: Cano y Escario   Foto: Álvaro Viera

Utilização do BIM no Projeto Alea Homes


A utilização da metodologia BIM, que permitiu  a integração do projeto com a construção (obra)  por meio de modelos virtuais, sendo essencial para o desenvolvimento da Alea Homes. O manuseio de formas com o Revit tem sido fundamental na definição geométrica dos painéis e nos contornos de cada um dos níveis, que mostram variações devido à plasticidade do projeto.

O uso compartilhado do modelo com o restante da equipe, nos permitiu uma coordenação precisa com os colaboradores e comunicação efetiva no canteiro de obras. Nesse caso, a construtora CLASICA URBANA implementou os recursos necessários para tornar essa coordenação perfeita.

Como diz Diego Escario, “Trabalhar na nuvem nos permite manter todos os agentes informados sobre o status atual dos projetos, em quase tempo real, facilitando as tarefas de monitoramento, revisão, auditoria e avaliação”.

Modelo BIM do Projeto da Alea Homes .

Arquitetura Sustentável


A sustentabilidade tornou-se um requisito implícito em projetos arquitetônicos, e a Alea Homes não é exceção. Para atender aos altos padrões de sustentabilidade e conforto, optaram por integrar naturalmente os requisitos de sustentabilidade da Breeam no projeto, que foram incorporados como premissas conceituais a partir do estágio inicial.

Como forma de apoiar a tomada de decisões, eles incorporaram um sistema de controle ecológico e de erosão, viabilidade de tecnologia de baixo carbono e relatórios de risco de inundação, bem como um plano de gestão da biodiversidade.

No projeto Alea Homes, a pele dupla para controle solar, terraços largos com varal e a escolha de materiais eficientes e sistemas de iluminação, foram incluídos para ajudar a atender aos requisitos de sustentabilidade. O Revit foi usado para ajudar a modelar o sistema da pele exterior do edifício, fornecendo um estudo da eficácia de sua função de sombreamento solar.

Dessa mesma forma, trabalharam na gestão correta de energia e água, e o estacionamento para veículos elétricos e bicicletas foi incluído para facilitar a mobilidade sustentável.

Detalhe Construtivo do Terraço- Projeto Alea Homes   Escritório: Cano y Escario   Foto: Álvaro Viera

Vinicius Almeida Barros

Vinicius Barros é estudante de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Paulista-UNIP, possui contato com softwares de modelagem BIM e renderizações e integra a equipe técnica AEC da Autodesk Brasil. Mais sobre, acesse seu perfil do Linkedln: https://www.linkedin.com/in/vinicius-barros-b53a58172

0 Comments

'