twitter youtube facebook linkedin email
Connect with:

Mundo AEC - Blog Oficial sobre AEC da Autodesk Brasil

Promovendo o envolvimento de subcontratados e conectando os fluxos de trabalho com novas ferramentas de gerenciamento de qualidade

Diana Siqueira
14/09/2017

 

Quer aproveitar ao máximo os benefícios de eficiência de um software de gerenciamento de qualidade eficaz em seus projetos, mas teme que as partes interessadas acharão que a implantação seja um desafio grande demais?

O BIM 360 apresenta ferramentas de acesso fácil e simples para toda a equipe adotar e usar, além de conectar os fluxos de trabalho dos diferentes negócios subcontratados. Mais especificamente, promovem o envolvimento do subcontratado na gestão da qualidade; conectam problemas, equipamentos e os fluxos de trabalho de tarefas para resolver problemas de forma holística; e aceleraram o processo de criação de modelos de listas de verificação (checklists) QA/QC (Quality Assurance/Quality Control).

Com a revolução tecnológica e a digitalização que a indústria da construção está sofrendo o padrão – e a demanda –  de qualidade nas construções tem atingido outro patamar. Pensar qualidade atualmente, não significa pensar apenas no produto final, mas sim no processo para se chegar a esse produto. Dessa forma, além da drástica redução de desperdícios no processo e do aumento da produtividade, é possível agregar ainda mais valor à edificação.

Um sistema de gestão e controle de qualidade bem implementado, que mapeia e documenta todo o processo da construção e define claramente a função de cada colaborador, facilita ainda mais a identificação de gargalos, das características mais fortes da construtora e dos desafios a serem vencidos. Ademais, esse mapeamento completo dos processos contribui para identificar não-conformidades e corrigi-las em tempo hábil para evitar o retrabalho – ou ao menos minimizar seus impactos.

O BIM 360 surgiu da necessidade de levar um sistema de gestão de projeto e de qualidade dinâmicos para o canteiro de obras; buscando, principalmente, melhorar a qualidade da construção – com  listas de verificação (checklists) customizáveis; promover a segurança – agilizando inspeções e diminuindo o risco com procedimentos consistentes; racionalizar o rastreamento de equipamentos – com as informações de equipamentos disponíveis no canteiro de obras com a computação em nuvem; e, consequentemente, reduzir o retrabalho.

As inúmeras funcionalidades da família BIM 360 focam no acesso, usabilidade e padronização – as 3 principais áreas que levam à adoção e uso de uma ferramenta de gerenciamento de qualidade e do projeto como um todo.

 

Gerenciamento de qualidade mais eficiente e inclusivo

Gerenciar o trabalho dos subcontratados é um dos aspectos mais críticos para a implantação de um programa de gestão de qualidade. Compilar e gerenciar essa informação tem sido, tipicamente, função do gerente de obra – já que apenas certos aspectos do projeto precisam ser disponibilizados a cada subcontratado. Porém, isso dá mais reponsabilidade ao gerente da obra e pode retardar seu trabalho e a resolução de problemas.

A família BIM 360, entre tantas outras funcionalidades, inclui subcontratados à matriz de permissão padrão. Com essas permissões, os subcontratados obtêm acesso a um amplo conjunto de casos de uso para gerenciar seu próprio escopo de trabalho no BIM 360. Simultaneamente, proporciona ao gerente de obras a capacidade de controlar individualmente o que cada subcontratado pode ver e acessar, bem como o que ele pode fazer, incluindo:

  • Criar novos problemas e atribuir diretamente à própria empresa ou ao gerente de obras para revisar e redirecionar;
  • Acessar QA/QC, comissionamento, listas de verificação (checklists) de segurança, equipamentos e relatórios.

As configurações de permissão do subcontratado dão aos administradores de projeto no BIM 360 o controle total sobre quais informações são visíveis e quais ações um subcontratado pode executar no projeto.

Com essa configuração de permissão os subcontratados são capazes de desempenhar um papel bastante ativo no gerenciamento de qualidade – acelerando a resolução de problemas de projeto e levando os benefícios do BIM360 para seu próprio gerenciamento interno de atividades e problemas.

Além disso, ao obter acesso ao módulo de equipamentos, os subcontratados podem contribuir integralmente compilando documentação de O&M (Operação e Manutenção) e Fechamento.

 

Gerenciamento de problemas mais efetivo e considerando o projeto com um todo

A maioria dos problemas que surgem na construção não são isolados; ou seja, lidar com uma questão terá impacto em outra ou possivelmente em várias. Por exemplo, um problema criado para a correção do drywall pode estar vinculado a um problema para pintar o muro.

Para remediar isso e simplificar o gerenciamento de projetos e qualidade, o recurso de vínculos (links) permite aos usuários criar uma associação entre dois ou mais problemas ou tarefas para ajudar a trazer visibilidade e acompanhar o processo em vários itens. Voltando ao exemplo do drywall, ambos os problemas (drywall e muro) podem ser vistos e rastreados juntos através do recurso de vínculos (links) para tornar o rastreamento de problemas de forma holística ainda mais fácil.

Além disso, todos os elementos estão vinculados ao modelo BIM como um todo; ou seja, retroalimentam o modelo. Mais especificamente, quando alguém solicita/faz alguma alteração no modelo, o mesmo é atualizado instantaneamente e por estar armazenado utilizando a computação em nuvem todos aqueles que têm acesso ao modelo recebem essa atualização momentaneamente.

Quando os problemas são vinculados entre si, os problemas relacionados são exibidos no resumo da questão.

 

Status e permissões de equipamentos personalizados

Essa funcionalidade de vinculação (linking) também é aplicada ao módulo de Equipamentos para ajudar a monitorar o progresso de equipamentos e atividades relacionados.

Vincular componentes de equipamentos contribui para que as equipes do projeto identifiquem o status de cada parte do sistema como um todo – e mais uma vez, retroalimentando automaticamente o modelo BIM.

Para aprimorar ainda mais a categorização de equipamentos, os administradores de projeto no BIM 360 podem criar conjuntos de status personalizados para equipamento e associar o status com categorias de equipamentos. Por exemplo, um conjunto de itens de status pode incluir Pedido, Entregue, Instalado e Inspecionado. Além disso, as configurações de permissão podem ser definidas por empresa para garantir que as equipes de projeto apropriadas tenham visibilidade para os conjuntos de equipamentos com os quais eles estão envolvidos.

 

Processo de verificação mais acelerado

Para ajudar a acelerar o processo de criação e gerenciamento de listas de verificação (checklists), foram adicionados mais controles aos modelos de listas de verificação (checklists), além do acesso ao conjunto completo de modelos de listas de verificação (checklists) premium.

Novos controles das listas de verificação: agora é ainda mais fácil disponibilizar o acesso a modelos necessários para as partes interessadas externas. Permissões da empresa a modelos de listas de verificação (checklists) agora podem ser concebidas selecionando uma única empresa ou várias empresas. Isso torna muito mais fácil para as partes interessadas encontrar e se concentrar nas inspeções relevantes para seu trabalho.

Acesso ao conjunto de modelos de listas de verificação (checklists) premium: agora os administradores de projetos podem escolher entre mais de 100 modelos comumente usados e, em seguida, personalizar rapidamente os itens da lista de verificação (checklists) para corresponder às práticas de qualidade do projeto, acelerando os processos de gerenciamento de projetos.

Melhorias adicionais para melhorar a eficiência do projeto:

  • Visibilidade de comentários de problemas na seção de problemas das listas de verificação (checklists);
  • Ampliação da caixa de entradas (inputs) de legenda para fotos;
  • Capacidade de visualização e restauração de modelos de listas de verificação (checklists) excluídos.

 

Para saber mais sobre os benefícios de uma boa gestão de qualidade e um bom gerenciamento de projetos e ver tais aplicações na prática, veja o post 3 Dicas de controle de qualidade na construção para reduzir o retrabalho, que apresenta dois casos de sucesso e visite o site da familia BIM 360.

 

Fontes: Traduzido e adaptado do artigo em inglês New quality management tools promote subcontractor involvement, connect workflows escrito por Krystian Macek

Diana Siqueira

Estudante de Arquitetura e Urbanismo, já estagiou em escritório de arquitetura e em construtoras, onde teve a oportunidade de acompanhar as diferentes fases da obra, desde a concepção e modelagem do projeto, até a entrega a clientes. Atualmente faz parte - como estagiária - da equipe técnica AEC da Autodesk Brasil.

0 Comments

'